Os tumores cerebrais, embora não estejam entre os mais comuns, podem se tornar extremamente agressivos, especialmente quando não são identificados e combatidos precocemente. É por isso que neste artigo, o principal objetivo é ajudar você a compreender quais são os principais sintomas para buscar ajuda médica o mais rápido possível caso perceba algum deles.

Tumores cerebrais primários x metastáticos

Primeiramente, é preciso compreender bem essa diferença: existem os tumores cerebrais primários, ou seja, que se originam diretamente no cérebro, e aqueles que tiveram início em outros órgãos do corpo (como pulmão ou mama, por exemplo), mas que se disseminaram pelo processo de metástase e atingiram a região cerebral.

Os tumores cerebrais primários podem se originar praticamente de qualquer célula ou tecido do cérebro ou da medula espinhal. E dependendo de como é essa origem, existe uma estratégia de tratamento diferente e mais assertiva.

Ressalte-se também que o tumor pode ser maligno ou benigno, sendo que apenas o primeiro tipo é classificado como cancerígeno.

Sintomas gerais do tumor cerebral

Antes de qualquer coisa, é importante entender que dependendo do tipo do tumor e da área do cérebro que atinge, ele vai comprometer diferentes funções e, por consequência, os sintomas também podem ser distintos. No entanto, existe uma gama de sintomas mais comumente relatados por pacientes que descobrem um tumor cerebral. São eles:

• Dores de cabeças persistentes e sem nenhum motivo aparente;

• Náuseas e vômitos;

• Percepção de movimentos involuntários;

• Esquecimento recorrente das palavras;

• Alterações na visão;

• Alterações na audição;

• Convulsões;

• Perda de sensibilidade repentina em qualquer parte do corpo;

• Dificuldades para se concentrar acima do normal e sem interferência de nenhum fator externo;

• Sonolência excessiva.

<h2>Sintomas específicos do tumor cerebral</h2>

Agora, veja alguns sintomas específicos relacionados à parte do cérebro na qual o tumor se desenvolve:

• Dificuldades para articular as palavras ou para entender o que alguém está dizendo, quando o tumor se desenvolve em regiões que controlam a linguagem;

• Alterações na personalidade e até na forma de pensar, quando o tumor se desenvolve na região central do cérebro;

• Dificuldades para se locomover normalmente no cotidiano, quando o tumor se desenvolve no cerebelo;

• Falta de coordenação motora nos braços e pernas, além da perda do controle da bexiga ou intestino, quando o tumor se desenvolve na
medula espinhal;

• Problemas de visão, quando o tumor se desenvolve na região posterior do cérebro, ao redor da glândula pituitária ou do nervo óptico;

• Sensação de dormência em alguma parte do corpo, normalmente apenas de um lado, quando o tumor se desenvolve em áreas que controlam os movimentos e sensações.

É importante frisar que o cérebro controla boa parte das atividades do organismo, como produção de certos hormônios, por exemplo. Por isso, a pessoa que desenvolve um tumor cerebral pode perceber outros sintomas que não estejam listados aqui.

Se você se identificou com alguns dos sintomas listados ou mesmo se deseja saber mais sobre esse tipo de tumor, entre em contato conosco e agende uma consulta com um dos nossos especialistas. A orientação é o melhor caminho para prevenir e curar doenças.