SAIBA UM POUCO SOBRE

Neuropsicologia

É uma interface ou aplicação da psicologia e da neurologia, que estuda as relações entre o cérebro e o comportamento humano. Sua principal área de atuação é na compreensão de como lesões, malformações, alterações genéticas ou qualquer agravo que afete o sistema nervoso causam déficits (alterações) em diversas áreas do comportamento e da cognição humana. Em outras palavras, a neuropsicologia atua mais frequentemente no estudo das funções mentais superiores, sem deixar de estudar áreas como agressividade, sexualidade, que tradicionalmente são investigadas por abordagens fisiológicas e biológicas (neurobiologia, neurofisiologia, psicofisiologia, psicobiologia). Desse modo a neuropsicologia compõe fortemente o campo das neurociências, com ênfase na neurociência cognitiva.

A avaliação neuropsicológica busca investigar quais funções cognitivas que estão preservadas e as que estão comprometidas como: inteligência, aprendizagem, memória, atenção, linguagem, funções visuais e motoras, cálculo, planejamento, senso de relações espaciais e outras funções executivas, relacionando-se ao comportamento.

A avaliação é feita através de um conjunto de testes e procedimentos padronizados que possibilita a visualização do grau de integridade ou comprometimento das funções avaliadas, embasando para uma orientação clínica ao paciente, além de um relatório escrito.

Sua duração depende de como o paciente responde a sondagem psicométrica que em média varia de 4 a 6 encontros de 1 hora.

A avaliação neuropsicológica é recomendada em qualquer caso onde exista suspeita de uma dificuldade cognitiva de origem neurológica ou comportamental. As principais indicações são:

  • Doença de Alzheimer e outros tipos de Demências;
  • Diagnóstico diferencial entre depressão e Demência;
  • Epilepsia;
  • Transtorno de déficit de atenção e hiperatividade (TDAH);
  • Dificuldades escolares;
  • Distúrbio do desenvolvimento;
  • Lesões cerebrais decorrentes de traumatismos;
  • AVC ou “derrames”;
  • Distúrbios psiquiátricos ou neuropsiquiátricos;
  • Esclerose múltipla e outras doenças neurodegenerativas;
  • Déficits causados por abuso de drogas ilícitas, álcool e outras substâncias;

TIRE SUAS

Dúvidas

Seu nome

Seu email

Seu telefone

Sua dúvida?

Fale com a nossa equipe de atendimento e Marque uma consulta!

Neuromaster promovendo saúde com qualidade.
MARQUE AQUI